Tratado da Invenção das Coisas

Daniel Moutinho

Não existiria este corpo não fossem estas feridas que inventei. Este corpo tatuado com os meus afectos e afectações, reais e ficcionais.
Pensava, enquanto era tatuado que esta inscrição no meu corpo era uma forma de compreensão de mim próprio e da minha vida, mas simultaneamente uma leitura (inventada) do mundo.
Tratado da Invenção das Coisas é uma performance onde explano esse corpo, essa invenção de uma vida, enquanto construo um cenário, uma enciclopédia viva do meu entendimento das coisas.