Eles passarão, Tu passarinho - Uma história política das aves

Andreia Farinha e a Truta no Buraco

Eles passarão, Tu passarinho
Uma história política das aves
Companhia Truta no Buraco


A vida urbana sempre tendeu a produzir uma visão sentimentalista da natureza. A natureza é pensada à laia de um jardim, de um território placidamente livre, com pássaros a cantar uma primavera sem fim. Quando Hitchcock encena em Birds (1963) um motim dos pássaros, resgata o tema da sua aura suprapolítica e bucólica para nos assombrar com a complexidade insólita da nossa história, uma história que também é, e muito, interespecífica.
   Eles passarão, Tu passarinho constrói-se como reflexão histórica sobre a importância das aves na paisagem política humana. É um ensaio sobre subjugação, relações de poder e preservação, funcionando a partir de uma semiótica cultural o mais expansiva possível, incluindo tanto o quotidiano como o extraordinário.
  Não se trata aqui de falar da família das aves de um ângulo meramente científico, mas de traçar uma possível História, um género de museu humano das aves que não as humanize, vergando-as à nossa imagem, mas antes humanizando-nos, a nós próprios, através delas e de uma maior compreensão da nossa violentíssima história comum.
   Que sabemos nós das compreensões políticas das aves, que serviram “gregos e troianos” em todas as guerras, com exceção do explicitamente postulado pela arara de Churchill que gritava “Fuck the Nazis!”, hum?

 


Conceção e Encenação: Andreia Farinha, João Melo, Anafaia Supico e Raphael Soares
Texto: Andreia Farinha
Interpretação: Andreia Farinha, José Vargas, João Ayton, Bernardo Bertrand e Rodrigo Fonseca
Operação de Som: Raphael Soares
Operação de Vídeo e Luz: João Melo
Música: Raphael Soares e José Vargas
Guarda-Roupa: Anafaia Supico, Coletivo Siroco
Espaço Cénico: Andreia Farinha, Coletivo Siroco
Produção e Comunicação: Truta no buraco, Anafaia Supico, Catarina Leal
Captação, Mistura e Edição Som: Raphael Soares
Captação e Edição de Vídeo: João Melo, Filipe Casimiro
Design Gráfico: Begoña Claveria
Identidade Gráfica / Ilustração: Emma Andreetti
Apoio à produção: Buala, Damas
Apoio à produção e pós-produção musical: Estúdio Fetra
Apoio científico: Joana Frazão, Quercus
Apoio à pós-produção de vídeo: Terratreme
Apoio à divulgação: Damas, Chão de Oliva, Buala, RDA, Oficinas do Convento, Luzlinar, Rua Escura
Apoio à criação: Self-Mistake, Fundação Calouste Gulbenkian
Produção: Truta no Buraco